Metodologia

Toda atividade física, seja qual for a modalidade escolhida, propicia diversos benefícios como satisfação pessoal, saúde, melhoria estética e qualidade de vida. O primeiro passo é uma avaliação para sabermos por onde começar, de que forma, em qual intensidade, qual duração, que tipo de exercício, ou seja, saber o que é mais recomendável a você.

É importante que seja escolhida uma atividade prazerosa, pois, caso contrário, a possibilidade de desistir no meio do caminho será grande. É preciso ter em mente que o EQUILÍBRIO é fundamental ao se praticar qualquer atividade física. Esse ponto sempre é priorizado em nossa metodologia de trabalho, pois os problemas de saúde originados de um planejamento desequilibrado incluem desde complicações posturais até lesões musculares graves.

Não importa qual é o seu objetivo – emagrecimento, performance atlética, condicionamento físico, estética ou melhora da postura – como em tudo na vida, a prática da atividade física exige concentração, controle emocional e EQUILÍBRIO. Dessa forma, o treino deve reunir diversas modalidades que se complementam, mas sempre respeitando as individualidades e objetivos do aluno.

A combinação da musculação, pilates, exercícios funcionais, alongamento e exercícios aeróbios é excelente para conseguirmos melhorar as funções respiratórias, musculares e metabólicas além de deixar a aula mais motivante e desafiadora! Abordamos todos os aspectos do condicionamento de forma distinta para atingirmos os resultados desejados, a harmonia corporal e a melhora na qualidade de vida. Sem essa variação, os treinos seriam iguais e todos fariam os mesmos exercícios para objetivos diferentes.

Vamos começar?

Antes do início do treinamento realizamos uma avaliação física integrada completa para conhecermos nosso cliente, que inclui uma avaliação antropométrica (peso, altura, % de gordura e músculos), avaliação postural (com acompanhamento da evolução da postura antes e durante a prática da atividade física), uma criteriosa avaliação do movimento , e  teste cardiovascular (esteira ou bicicleta) para identificarmos o atual nível de condicionamento do cliente.

Em seguida, levantamos o histórico sobre as atividades físicas feitas anteriormente, realizamos um estudo sobre a nutrição (Nutricionista), checamos a condição física atual e verificamos os objetivos do aluno.

Após esta etapa, montamos todo o planejamento respeitando tudo o que foi observado. O planejamento é muito importante, pois assegura que o aluno não sobrecarregue o corpo e não deixe de treinar seus pontos fracos. Essas avaliações serão repetidas sempre que o cliente quiser saber a evolução em seu desempenho, mas aconselhamos uma periodicidade trimestral.

Lembramos que essas avaliações servem também como motivação, ou seja, um desafio com uma meta a ser seguida!

 

Para saber mais procure a ajuda de um personal trainer qualificado.

Voltar para Ruy Amadei